Vereadores de Macau pós ditadura Vargas

11

A primeira legislatura do município de Macau, pós ditadura Vargas

Foto autor não identificado, década 50, Prefeitura de Macau onde também funcionava a Câmara de Vereadores; arquivo: Getulio Teixeira

O Estado Novo começa com o golpe liderado por Getúlio Vargas em 1937. É a ditadura, comandada nos porões pelo chefe de polícia Felinto Müller com torturas e mortes de patriotas brasileiros. Depois viria da ditadura de 64. Em 1939 começa a Segunda Guerra, o ditador Getúlio Vargas, a elite brasileira e os integralistas apoiam os nazistas. Havia uma neutralidade de fachada, mas um navio mercante alemão que conseguira furar o bloqueio dos países aliados, foi recebido com festa no Rio de Janeiro. Mas, por fim, o Brasil juntou-se aos aliados e criou a Força Expedicionário Brasileira, a gloriosa FEB que foi lutar contra o nazi fascismo. O fim da guerra também anuncia o fim do Estado Novo brasileiro. O mundo respira democracia e inicia a redemocratização no Brasil. Uma nova Constituição em 1946 e eleições municipais em fevereiro de 1948. Em Macau foram eleitos vereadores e a Câmara Municipal ficou assim constituída:

01] Afonso Avelino Dantas [PSD – Partido Social Democrata] era advogado provisionado de Pendências;

02] Afonso Solino Bezerra [PSD]. Comerciante em Macau;

03] Alfredo Teixeira de Souza [PSP – Partido Social Progressista]. Farmacêutico em Macau;

04] Esperidião Coimbra [PSD]. Contabilista em Macau;

05] Francisco Alves de Queiroz [PSD]. Agropecuarista em Pendências;

06] Francisco Cavalcante Montenegro [PSD], Estivador em Macau;

07] Francisco Lino Tetéo [PSP]. Estivador em Macau;

08] Francisco Mendonça [Chico Mucunza], [PSD]. Marítimo em Macau;

09] Francisco Rodrigues [PSD]. Agropecuarista no Alto do Rodrigues;

10] Horácio de Oliveira Neto [PTB – Partido Trabalhista Brasileiro], era o Presidente da Câmara Municipal e também o vice-prefeito. Sua atividade era o comercio e a pequena indústria em Macau;

11] João de Lima Galvão [Joca Galvão], [PSP]. Pequeno industrial salineiro em Macau;

12] João da Rocha Bezerra [PSP]. Agropecuarista de Pendências;

13] José Xavier da Costa Queiroz [Zé Queiroz], [PSD]. Funcionário público municipal em Macau;

14] Júlio Porfírio [PSD]. Marítimo em Macau;

15] Leão Xavier da Costa Filho [PSD]. Tabelião do 2º Cartório de Macau;

16] Luiz Virgílio de Brito [PSP]. Comerciante em Guamaré;

17] Pedro Lopes de Araújo [PSD], Agropecuarista em Mulungu;

 

Pesquisa: 1] História Sincera da República; Leôncio Basbaum; Editora Alfa-Omega; 2] Informações do memorialista macauense Getúlio Teixeira.

 

11

  1. windows disse:

    Agreed, very well written and cant wait for the second half.

  2. ??? ?????? disse:

    I identified what I had been seeking for. fantastic write-up, thanks

  3. This papers is a good post, I am pleased to see the great copy writer, just like We, our tops shop which such.However I will be subscribing to your increase and even We http://www.jerseyzshop.comCheap Nike NHL Jersey

  4. ?? ???? disse:

    Your place is valueble for me. Thanks!

  5. chan luu?? disse:

    After examine just a few of the blog posts in your website now, and I really like your means of blogging. I bookmarked it to my bookmark website listing and will likely be checking again soon. Pls check out my web page as properly and let me know what you think.

  6. Negotiations fail to reach conclusion amid rows and adjournment caused by lack of agreement on poorly worded texts

  7. Anônimo disse:

    Negotiations fail to reach conclusion amid rows and adjournment caused by lack of agreement on poorly worded texts

Deixe uma resposta