Benito Barros [1957/2010] – Hão de Cantar à Praça

19

Hão de Cantar à Praça

 

Foto de autor não identificado, década 50, Praça da Conceição e a coluna, arquivo: Professora Anaíde Dantas

Hão ainda de escrever um belo poema

à praça da Conceição.

 

Não bastasse o nome, motivos sobejam:

quiçá a Coluna azulejada em verde e amarelo,

pois não foi erguida sobre fortes alicerces patrióticos?!

[Isso não dá poesia – pode resultar, quando muito,

em hino e estupidez.]

Mas numa bela poesia bem que caberiam

as árvores frondosas: fícus, espinheiros, flamboiãs, acácias…

O chão de barro batido ou de malacacheta

onde marchava o Tiro de Guerra

e um recruta ferio o comandante no núcleo da honra

com uma dedada.

Foto de autor não identificado, decada 30, O Quadro da Conceição; arquivo: Getulio Teixeira

A minha infância em meio aos canteiros quando

o piso de mosaico e mobiliada de cavos bancos cinzas.

[Era gostoso sentar naqueles bancos onde as bundas

amoldavam-se bem, e, despreocupado, assistir

ao pachorrento vai e vem das gamboas da existência.]

Os casais e outras almas volteando

a distribuírem simpatia.

A poesia que li, num remoto Dia das Mães,

aos pés da Coluna.

[Nesse dia, também estreou Isabel,

e Chico Pissipissaca teve medo do microfone.]

Minha foto desfilando no Sete de Setembro, vesgo e …

porra! não souberam dar o nó na minha gravata!

[Era o tempo do Duque. Lembram-se?]

Foto de autor não identificado, década 40, Bloco carnavalesco, arquivo: Professora Anaíde Dantas

Os carnavais.

[Se for bem feito o poema à praça da Conceição,

eles renascerão.]

Elas, aquelas minhas namoradas

de há muitíssimo antigamente.

[Condenável redundância é se elas ainda existissem.]

Mas eles sobrevivem: os cândidos namoros

que não escandalizam quem vai à missa das 8:00,

na Matriz – residência oficial da dona da praça.

Sim! As carolas… que bela poesia não se ergueria

com os tijolos arrancados das ruínas dos seus sonhos?!

Foto de autor não identificado, década 50, crianças no banco da Praça da Conceição, arquivo; Leão Neto

Fazer carreira, tomar impulso e se atirar nos degraus da Coluna,

nos dias de chuva. [Os fortes deslizavam de um lado ao outro.

Por pouco não quebrei o queixo, mas nunca passei da metade,

confesso envergonhado.]

Mesmo que a cigarreira de Seu Luis Cagão

tenha dado lugar ao carrinho de Zé Caiau,

e, o bar de Seu Augusto

seja só um fantasma,

haverá quem aviste boa poesia

na atual praça agredida

de arcos modernosos

ou nos salpicos de malva-rosa

no piso encardido.

 

Foto Seu Santos, década 70, Desfile dos alunos do Duque, arquivo: Benito Barros 1957-2010

Urge cantar à Coluna um belo poema

antes que ela desabe pela incúria dos governos

ou pelo carrego das aleivosias dela emanadas.

Ao ruir, como pressinto, ao menos restará a lembrança

dos meninos destruindo os degraus com seus skates

que de lá saltavam para deslizarem ingênuos

pelas minhas coronárias.

 

Haverá quem escreva um belo poema à praça

da Conceição

nem que seja para lembrar o engenho

de quem ali plantou

a fálica Coluna.

Deslembrando os argumentos de fé,

e a desenxabida clonagem,

que monumento mais apropriado

para um sítio assim denominado?

 

Será mesmo necessário escrever o belo poema

aqui pretendido?

Quem a tem pulsando dentro de si sabe, no entanto,

que escrever

um belo poema à praça da Conceição

não careceria:

plena de lembranças e meninos

ela é a própria poesia.

 

Benito Barros – Réquiem para o Infinito – páginas 89/91, Imperial Casa Editora da Casqueira, 2002, Macau-RN

19

  1. Nice post. I was checking continuously this blog and I am impressed! Very helpful info specially the last part :) I care for such information a lot. I was looking for this particular information for a long time. Thank you and good luck.
    louis vuitton handbags http://higts.overblog.com/

  2. achievement an individual access consistently

  3. outlet disse:

    I revelled reading it. I require to read more on this topicI am admiring the time and effort you put in your blog, because it is obviously one great place where I can find lot of functional info..moncler coats

  4. chan luu??? disse:

    You’re so awesome! I don’t assume Ive learn anything such as this previously. So awesome to search out anyone with a few initial ideas on it all question. realy appreciate it for starting it all up. this amazing site is certainly something is needed on the web, anyone with a little bit of creativity. helpful work for sending something which new to the web!

  5. ?? ??? disse:

    Oh my goodness! an incredible article dude. Thank you Nonetheless I am experiencing concern with ur rss . Don’t know why Unable to subscribe to it. Is there anyone getting similar rss problem? Anyone who is aware of kindly respond. Thnkx

  6. Hermes belt disse:

    Negotiations fail to reach conclusion amid rows and adjournment caused by lack of agreement on poorly worded texts

  7. Fetching sector of content. I neutral stumbled upon your trap milieu and in accession property to assert that I procure in fact enjoyed account your blog posts. Any avenue I purposefulness be subscribing to your feeds and parallel with I accomplishment you access consistently brief

  8. Anônimo disse:

    Party’s former deputy leader impersonates Burmese delegate and tells conference ‘there’s no global warming’

  9. hermes belt disse:

    Wohh just what I was looking for, regards for putting up.
    hermes belt http://www.hermesbeltuk.com/

Deixe uma resposta