Breve informação sobre o João Redondo

Foto Joao Eudes, 1993, Ciço Gato com o Capitão Joao Redondo no cais do Porto Roçado em Macau-RN.
Do livro O Reinado de Baltazar – Teatro de João Redondo – de Deífilo Gurgel
João Redondo é o teatro de bonecos do Nordeste brasileiro. Em 1982, diziam os estudiosos, que talvez apenas nos Estados de Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte, sobrevivia essa forma de teatro popular, rústico e primitivo. O teatro de bonecos teria começado pelas mais remotas civilizações, na Ásia, e de lá teria emigrado para a Europa, através da Turquia, mas, nesse processo de migração, houve uma verdadeira metamorfose: o que era pobre e rústico, antes, sofreu um verdadeiro processo de ascenção cultural e transformou-se, na Europa, numa arte altamente refinada, que os soberanos europeus não dispensavam nas horas de lazer, em seus palácios. Do continente europeu, ele teria emigrado para o Brasil, durante a colonização portuguesa e, fato curioso, reassumiria no Nordeste brasileiro sua antiga condição de teatro popular e rústico, desta vez, num processo de descenção cultural, de retorno ás origens. Em Pernambuco, essa forma teatral denomina-se Mamulengo. No Rio Grande do Norte e Paraíba, João Redondo. Bibliografia no livro citado: