Avisa lá! A Comunidade-RN não manda fazer. Ela faz!

Foto Sávio, 2011, atividade no terreiro do Comunidade RN Porto do Roçado ou de São Pedro, Macau-RN, arquivo: o baú de Macau

A Comunidade-RN nos envia cópia do balanço das atividades desenvolvidas em 2010, 2011 e início de 2012. É a copia do que foi remetido ao Ministério da Cultura que premiou a organização social que desenvolveu o programa “É Só pra dar um toque”. Foi muito mais que um toque, ela incluiu os excluídos. Foram incluídos o povo que nunca recebe cultura de boa qualidade e os artistas que não encontram espaço da grande mídia. Falar em teatro e poesia nessa grande mídia é mesmo que falar no capeta, eles somem! Então vejam o balanço da inclusão: foram 379 pessoas entre artistas e pessoal de apoio que foram pagos pelos seus trabalhos; 62 atividades culturais em 14 modalidades e que foi visto por cerca de 4 mil pessoas que não pagaram ingresso para ter cultura de boa qualidade. As atividades foram em Macau [Bairro do Porto do Roçado, no terreiro da FM Solidariedade] , Baixa do Meio e Quilombo, distrito de Guamaré e em Natal [Redinha e Vila de Ponta Negra]. O valor total foi de R$65.633,50 sendo R$50.000,00 do Ministério da Cultura e o restante de recursos próprios da Comunidade-RN. O coordenador do baú de Macau, Claudio Guerra que também colabora com o programa, parabeniza a equipe da Comunidade-RN que tão bem utilizou os recursos públicos e agora presta conta. Não há trabalho igual no Rio Grande do Norte.