Outros Heróis dos Esportes Macauense [1]

15

De Getúlio Teixeira, memorialista macauense e suas recordações daqueles  que tornaram possível o futebol em Macau.

Foto de autor não identificado, década 60, campo do Quadro do Cruzeiro, arq. desconhecido

Muito tem se falado nos nossos atletas é bom lembrar que tivemos aqueles que eram responsáveis e verdadeiros patrocinadores das atividades esportivas. Quase todos tirando do próprio bolso, dos seus salários, do seu comércio ou correndo lista de ajuda junto a amigos para manter seus times em atividades. Espero que, citando o nome de alguns, ajude a resgatar a importância destas pessoas para o nosso desporto e não cometa nenhuma injustiça por lapso de memória. Fazer esporte hoje se tornou uma coisa até certo ponto fácil, camisas, chuteiras, meiões, calções se consegue facilmente com políticos ou compra-se em qualquer esquina em suaves prestações. Até meados dos anos setenta a coisa era bem diferente. Os times de futebol da cidade eram bancados por verdadeiros heróis. Tiravam do próprio bolso todas as despesas com seu time. Lembrando-me desta fase que vivi de tão perto, resolvi prestar uma pequena homenagem a estes verdadeiros “mecenas” do nosso futebol.

1] Chiquinho Chola, Fedeca, foram dois marítimos que davam sustentação econômica ao ABC, time que tinha como base de sua torcida o Bairro do Porto do Roçado e que revelou craques como, Toinho Careca, Panan, Moçada e tantos outros.

2] José Alves, funcionário do Instituto Brasileiro do Sal, Pedro Farias, marítimo, Cícero Bujão, Paulinho de dona Bibí, o que seria do América se não fosse a dedicação dessas pessoas.  Não poderia deixar de falar em Gaspar, misto de roupeiro e massagista do América e Francisquinho do América, espécie de faz tudo, que ajudava Zé Alves.

3]Dona Pretinha, um caso a parte. A dedicação desta Senhora ao Flamengo era tanta que era difícil diferenciar da dedicação que tinha aos próprios filhos. Sua casa sempre tinha algum atleta para receber uma ajuda. Dia de jogo do Flamengo era sagrado. Aos domingos, três horas da tarde, sua passagem pela Rua Pereira Carneiro rumo ao Estádio Walter Bichão era fato certo. Trazia já algumas amigas, parentas e pequenos torcedores para torcer pelo seu time e seguia arregimentando torcedores até chegar ao estádio. É verdade que em alguns momentos teve a ajuda de abnegados como Zé Santiago e outras pessoas que ajudavam.

Foto Seu Santos, 1972, Flamengo de Dona Pretinha campeão varzeano de 1972. Da esquerda para direita: Luiz, o presidente, Marrocos, Chines, Manuca, Bosco, Babosa, Birimbela II, Filhinho, Zeca, Dona Pretinha Paiva e seu esposo Nazareno Carmo; agachados: Mundinho, Silbino, Arigó, Antonio, Pedrinho, Paiva, Birimbela I, Aprigio e Leto, arquivo: Zé de Hipólito

4] Virgílio Barbosa, torcedor do Flamengo do qual foi várias vezes presidente, embora fosse igual a rainha da Inglaterra reinava mais não governava, a palavra final era sempre dela [Dona Pretinha]. Era um desportista dedicado em todos os aspectos, chegou a doar o terreno, que era de sua propriedade, para construção do Walter Bichão. Apesar de flamenguista sempre ajudou todos os clubes que o procurassem. Bastava um grupo de meninos se reunirem e criarem um time de futebol a primeira pessoa que procuravam para pedir ajuda era seu Virgílio. Foi jogador de vôlei, basquete, futebol, embora não tenha se destacado em nenhum deles.

Foto Seu Santos, década 70, advogado Ivo Ferreira dos Santos, arquivo: Meri Medeiros

5] Ivo Ferreira dos Santos, fundador da LIDEM (Liga Desportiva Macauense), abecedista de coração, mas sempre procurou defender o desporto sem olhar a camisa do time.

6] Pedro de Mozart (Pedro Albuquerque), dirigente da LIDEM, dos mais atuantes, sabíamos que era americano, no entanto defendia todos os times da Liga com a mesma dedicação, comprou inúmeras brigas, com prefeito, delegado sempre em defesa do futebol macauense.

7] Horácio de Oliveira Neto (Horacinho), quem diria que aquele homem sério, de cara fechada, poucos amigos deixaria sua padaria, em pleno horário de maior movimento para ir até o Estádio Walter Bichão, levando lanche para os jogadores da seleção que treinavam naquele horário. Seu Horácio ou Seu Horacim como era geralmente chamado foi presidente da LIDEM.

8] Chico do Unidos, a dedicação era tanta que ao seu nome foi acrescentado o nome de seu Clube de coração. Quanto esforço ele fazia para conseguir um emprego na CCN para um de seus atletas. O Unidos fundado por José Aloizio Hunka quando gerente de produção da CCN, sobreviveu graças a dedicação de Chico.

15

  1. I have been absent for some time, but now I remember why I used to love this site. Thanks , I

  2. hollister uk disse:

    Pretty winsome post. I just stumbled upon your weblog and wanted to noise abroad that I’ve truly enjoyed browsing your blog posts. After all I pleasure be subscribing to your rss cater and I conviction you disregard again speedily!

  3. outlet disse:

    Get Started on Your Own Weight Loss and Health Goals right away with these Simple and Effective Healthy Meal Plans.

  4. index disse:

    GreetsYou know, i have to tell you, i really liked this site and da insight from everyone who participates. i find it to be

  5. ugg ???? disse:

    You just copied a person else

  6. achievement you access consistently

  7. chan luu disse:

    There are certainly a lot of details like that to take into consideration. That is a great point to bring up. I offer the thoughts above as general inspiration but clearly there are questions like the one you bring up where the most important thing will be working in honest good faith. I don?t know if best practices have emerged around things like that, but I am sure that your job is clearly identified as a fair game. Both boys and girls feel the impact of just a moment

  8. ???? ?? disse:

    The next time I go through a blogs, I am hoping that it doesnt disappoint me as much as this one. I’m talking about, I am aware it’s my choice to read, but I definitely assumed you’ll have some thing amazing to share. Most I hear is really a couple of whining about something which you could resolve if you werent too busy looking for attention.

  9. Gucci Outlet disse:

    Watch the trailer for Kathryn Bigelow’s follow-up to The Hurt Locker – a thriller based on the manhunt for Osama bin Laden

  10. Hermes sale disse:

    Watch the trailer for Kathryn Bigelow’s follow-up to The Hurt Locker – a thriller based on the manhunt for Osama bin Laden

Deixe uma resposta