Francisco de Assis Souza da Rocha

Autor: Francisco de Assis Souza da Rocha; Obra: A IMPLEMENTAÇÃO DA MECANIZAÇÃO NO PARQUE SALINEIRO E SEU IMPACTO NO DESENVOLVIMENTO NO MUNICÍPIO DE MACAU; Macau[RN], 2008; Monografia  Curso de Graduação em Ciências Contábeis da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte [UERN].   

 

  Resumo:Este trabalho tem como objetivo estudar e conhecer as duas dimensões, que a mecanização, seguida da modernização tecnológica, causou para o Parque Salineiro do município de Macau. A força do trabalho braçal – mão-de-obra foi substituída pela força da máquina, contribuindo para o empobrecimento do trabalhador braçal, com o refluxo da mão-de-obra. E para o enriquecimento da indústria salineira – com o aumento da produtividade e a diminuição dos custos do produto. Os impactos causados no desenvolvimento sócio-econômico de Macau, apontando um caminho que concilie mecanização, modernização tecnológica e distribuição de renda. Os métodos utilizados para realização da pesquisa foram baseados em pesquisas bibliográficas já existentes sobre o tema, assim como em levantamentos de dados primários e secundários, que serviram para explicar a realidade estudada. Os dados foram coletados através de entrevistas e aplicações de questionários a ex-trabalhadores de salinas tradicionais, sindicalistas e a representantes de empresas em atividade; com o objetivo de ter mais subsídios para a realização do trabalho fornecendo dados para chegar a uma conclusão dentro da realidade local sobre o tema em estudo. A pesquisa foi restrita ao município de Macau/RN, no período de fevereiro/2008 a agosto/2008, sendo pesquisadas todas as 08 (oito) empresas em atividade no Parque Salineiro de Macau. Onde 6 (seis) delas são mecanizadas, representando 75% do total e as 02 (duas) ainda continuam no processo tradicional, representando 25% do total geral.