Terezinha de Queiroz Aranha e Claudio Augusto Pinto Galvão

0

Obra: Manoel Rodrigues de Melo: Biobibliografia 1926-1995;  Autores: Terezinha de Queiroz Aranha[org.]; [colaboradores] Claudio Augusto Pinto Galvão, Rilda Antonia Chacon Martins, Teresinha Anibas; Editora UFRN; Núcleo Temático da Seca; 1995; CDU 012-92; Coleção Vale do Assu; Natal-RN; 1] Manoel Rodrigues de Melo, um Indivíduo Histórico [excerto], por Terezinha de Queiroz Aranha … A parte bibliográfica demarcada pelo período 1926-1995 nos remete à produção de nove livros, noventa e sete artigos de revistas, centro e trinta e um artigos de jornais, além de onze prefácios, notas e apresentações de livros, duas Poliantéias, duas separatas e um “Memorial” de Pendências, além de referências sobre o autor que arrolam trinta e cinco artigos de revistas, cento e setenta artigos de jornal e uma separata. Dessa produção vale ressaltar Várzea do Assu que, neste ano de 1995, completa 55 anos de existência. Foi o primeiro livro do autor e atualmente conta com tres edições [1940-51-79].

2] Do Queimado à Academia [excerto], por Claudio Galvão:

[…]

–‘Se papai e mamãe deixarem…’

Concedida a permissão o menino acompanhou as moças que voltavam para Macau. Eram fins de 1920. O barco saiu do porto do Carão e rumou, rio abaixo, até Macau. Uma admiração ver, pela primeira vez uma cidade ‘grande’ […]

MACAU

Os donos da casa, Liliosa e Manoel Marques recebem, muito simpáticos e contentes, o jovem hóspede. Tinham seis filhos. […]

A Escola Municipal do Professor Constâncio Alves de Souza daria continuidade aos conhecimentos básicos que já recebera. Como era comum na época, não havia classes separadas de acordo com o nivel de cada aluno, todos se reuniam num mesmo salão, recebendo do professor aquela atenção quase individualizada que tanto beneficiava a aprendizagem. Musicista de boa qualidade, tocando com desenvoltura o clarinete e o saxofone, o professor Constâncio mantinha uma escola de música que deu à cidade muitos de seus melhores instrumentistas.

Macau, muitas casas, muitas ruas, uma praz e uma igreja grande, muita gente trabalhando em atividades ligadas ao mar, […]