Marinheiro só na leitura do poeta e escritor Raimundo Antonio de Souza Lopes

1

Todo escritor pretende ser lido e compartilhar suas idéias. Conseguindo isso ele já é feliz, mas quando alguém comenta os seus escritos, aí é preciso segurar o ego, esse incorrigível amostrado, como se diz em Macau.

Marinheiro só, crônica do poeta e escritor Raimundo Antonio de Souza Lopes, leia em:

http://www.recantodasletras.com.br/cronicas/3615884

1

  1. Thanks a lot for giving everyone an extremely superb chance to read critical reviews from this blog. It is often very superb and also full of a lot of fun for me and my office co-workers to search the blog more than 3 times a week to study the new things you have. And definitely, I’m so at all times motivated considering the outstanding tips and hints you give. Selected 3 areas in this article are unequivocally the very best we have ever had.
    louis vuitton handbags http://higts.overblog.com/

Deixe uma resposta