Djalma um ser de luz – Literatura de cordel

0

Obra: Djalma um ser de luz – Literatura de Cordel

Autor: Genildo Mateus, setembro/2011, Natal-RN

Homenagem do poeta ao seu pai que era estivador em Macau e foi morto em 1971.

 

De Djalma era chamado

Com seu destino traçado

Pelo tempo ignorado

Ele não guardou nenhum rancor

Com a vida eminente

Amigo de toda gente

Fazendo sempre presente

guiado pelo nosso Senhor 

p. 1

Na sua vida não foi doutor

Sendo mero estivador

Mostrando-se um lutador

Foi assim a vida inteira

Com muita força e coragem

Em suas mãos uma bandagem

Espelhando sua imagem

Numa vida bem faceira

p. 2

Deixe uma resposta