Uma poesia de Fátima

0

A rosa e o beija flor

O beija flor tocou a rosa,

buscava néctar o beija flor.

A rosa tem pouco néctar

e um perfume embriagador.

O beija flor apaixonado

todo dia beija a rosa.

 

Belo caso de amor desse beija flor.

A rosa nem se dá conta do louco amor,

beija o beija flor.

Enquanto há vida na rosa,

vida efêmera que se esvai.

 

Enquanto existe perfume

beija o beija flor a rosa.

Amanhã não existe o frescor

nem cor nem o orvalho,

a rosa murcha e o beija flor

enlouquecido beija, o beija flor a rosa,

o que lhe resta desse amor.

Fátima Marcolino em Macau, Rio Grande do Norte aos  10 de junho de 2012.

Deixe uma resposta