Aprendendo sobre Macau com dois grandes pesquisadores

0

As perguntas são do Professor João Felipe da Trindade, autor de Notícias Genealógicas do Rio Grande do Norte  e editor do blog  putegi.blogspot.com.br  e as respostas são do escritor e artista multimídia Getúlio Moura, autor de Um Rio Grande e Macau e editor do gmx.nafoto.net

1] Que nome tem aquele rio que o povo de Macau chama de Maré, na lateral da Rua Manoel Gonçalves?  O Rio Manoel Gonçalves era o mesmo Rio Vaperug, já extinto. Vaperug foi o nome repassado pelos índios potiguares aos europeus e assim registrado pelos cronistas seiscentistas. Era um prolongamento do rio Conceição (ou Xaréu). Banhava a margem norte da Ilha do Camapum (hoje praia turística de Macau) e a margem sul da Ilha de Manoel Gonçalves. Quando a ilha se extinguiu, o rio Manoel Gonçalves virou mar. A foz do rio conceição ficou conhecida como Barra da Ilha, até os dias atuais.  

2] E rio que corre debaixo da ponte da Ilha de Santana?   Quanto ao rio que banha as ilhas de Santana e Macau, trata-se do 1º braço do Delta do Rio Açu, canal principal deste rio (também conhecido como Rio Salgado ou Amargoso, nome do último afluente que desemboca na última curva do rio Açu, já se aproximando da entrada de Macau). O Delta do Açu é formado por três braços: Além do 1º, o Salgado, seguem, de leste para oeste: o 2º braço denominado Rio dos Cavalos, banha a Comunidade Imburanas e Salina Henrique Lage; o 3º braço, denominado Rio das Conchas, banha a cidade de Porto do Mangue, sendo a linha limítrofe dos municípios de Macau e Porto do Mangue. Veja mapa.