Júlio Clécio fez contato com o baú

1

E. Valle, 1937, trabalhadores do sal: o balaio, o calão, o equilíbrio e o trabalho penoso nas salinas.

Fez contato com o baú e nos enviou mensagem de apoio Júlio Clécio Gomes,  o que muito nos honrou. Agradecemos as palavras do Júlio e do seu irmão Jussiêr que nos encoraja a manter o baú de Macau como um espaço da memória e da história de Macau, apesar da cegueira do executivo e legislativo macauenses.

 

Caros, obaudemacau.com

Quero primeiramente agradecer pela gentileza e da oportunidade de Eu ter e fazer um dia uma biblioteca com os livros de autores de minha terra tão injustiçados, pelos quais, os poderosos de nossa cidade não enxergam a classe de autores, poetas e artistas de nossa terra. Contudo logro apreço e sucesso na batalha que tens para que O baú de Macau, possa titularizar aos macauenses a da historiografia de nosso povo, e descrever em poucas linhas nossa vivencia por essa terra. Como diz meu  Irmão é professor Jussiêr Gomes ”Numa cidade onde a memória é desprezada por aqueles que administram, O Baú de Macau apresenta-se não só como uma ferramenta de pesquisa, e sim, mostra-se como um exemplo de amor a historiografia local, em que o sujeito histórico não é apenas resultado da ação de figuras de destaques, consagrados pelos interesses das classes dominantes, ilustrados nos livros didáticos, a “verdadeira” história é aquela construída no meio social local, e não têm riqueza maior do que o processo histórico de nossa cidade. ”     Grato, Julio Clecio Gomes

1

  1. Unquestionably believe that which you stated. Your favorite justification seemed to be on the net the easiest thing to be aware of. I say to you, I definitely get annoyed while people consider worries that they plainly do not know about. You managed to hit the nail upon the top as well as defined out the whole thing without having side-effects , people can take a signal. Will likely be back to get more. Thanks
    louis vuitton store http://louisvuittonstores2013.overblog.com

Deixe uma resposta