Três livros do macauense Izan Lucena na agbook

O Professor e Escritor Izan Lucena, colaborador deste sítio, publicou pela agbook as seguintes obras:  Poesias e Crônicas, O Amor de Deus e Pureza e Propósito no namoro. Saiba mais visitando o site: https://www.agbook.com.br/books

 

Poesias e crônicas

Coração apaixonado

Autor: Izan Lucena Lucena

Sinopse:

O livro em si fala do amor romântico, do amor a procura da perfeição. amor no sentido amplo. Sentimento máximo de afeto, atração ou desejo. Podendo ser inspirado e experimentado por homens e mulheres, namorados, amigos e divindades. Sentimento terno ou ardente de uma pessoa por outra de sexo oposto endossado por atração física. Sentimento que impele as pessoas para o que se lhes afigura belo, digno ou grandioso.

 

O AMOR DE DEUS

Falando do Amor de Deus

Autor: Izan Lucena Lucena

Sinopse:

Esse livrinho é mais uma palavra de carinho e de amor de Deus para vocês. São palavras de Deus que orientam sua vida e ajudam a responder para vocês mesmas muitas perguntas que estão dentro de você. Um resumo das verdades que devemos crer viver e ensinar aos outros. Leia com amor, abrindo seu coração a Deus. Sua vida interessa a nós todos. Queremos sua felicidade e queremos construir com você uma comunidade de amor. Deus estará com você e você será testemunha dele na família, no trabalho, na escola e no meio dos irmãos. Deixamos aqui uma palavra de ânimo para todos aqueles que praticam o amor de Deus. Vamos continuar anunciando a todos os povos que JESUS É O SENHOR. O Autor

 

Pureza e Propósito no Namoro

Viver o namoro com Deus

Autor: Izan Lucena Lucena

Sinopse:

Querer namorar é natural na vida dos solteiros. Durante os séculos recentes, a prática do namoro para conhecer e escolher um parceiro para o casamento se tornou comum na nossa sociedade. Podemos nos admirar ao notar que a Bíblia fala muito pouco a respeito do namoro, mas precisamos lembrar que o namoro não era a maneira comum de caminhar para o casamento na época bíblica. Os pais freqüentemente arranjaram os casamentos dos filhos, como ainda é o costume em muitas culturas. O amor romântico e as emoções da paixão não eram destacados como são hoje. Algumas pessoas citam a falta de orientação específica nas Escrituras para justificar a aceitação dos padrões do mundo em relação ao namoro. Até jovens que se dizem cristãos, às vezes, começam a namorar sem pensar nos princípios bíblicos que devem governar o seu comportamento. Despreparados, facilmente caem nas ciladas que o Diabo armou. Alguns cometem imoralidade, enquanto outros namoram de olhos fechados e escolhem mal os seus parceiros. Em ambos os casos, as conseqüências podem ser desastrosas. Embora a Bíblia não apresente uma lista de regras para o namoro, encontramos nas suas páginas muitos princípios que podemos e devemos seguir para ter namoros puros que caminhem para casamentos bons e felizes.