Duas fotografias do vale do Assú, por Fernando de Góes Filho

O colaborador deste sítio, Fernando de Góes Filho, nos enviou  dois registros do Vale do Assú. O primeiro o rio, que nasce Piranhas lá na Paraíba e que em anos de cheia mudava de curso, alargando o vale e criando um grande delta no litoral de Macau. A construção da barragem, cujo principal benefício seria para pequenos produtores sempre foi uma mentira.  À época da foto, o rio era limpo e piscoso. Hoje é um rio poluído.  

 

Rio Assu, década 1970, Fernando de Góes Filho

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Casa no Vale do Assú, década 1970, Fernando de Góes Filho

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A segunda foto é de uma casa à margem da rodovia Macau/Assu. Em 1981 quando passei pela primeira vez nessa rodovia, que estava sendo asfaltada, ví a casa como está nesta fotografia. Um foto como esta nos leva à reflexão da volatilidade da vida.  Quanto de paixão e desejo habitou esta casa, agora transformada em ruínas?

 

Da equipe do baú de Macau