Rua João Teixeira, do Macauísmos de Benito Barros

João Teixeira, r – Major João Teixeira de Souza

 

Ana Bezerra – 1896

João Teixeira de Souza. Era o doutor e homeopata da terra, sem médico naqueles tempos. Seus serviços nunca os negou a quem quer que os solicitasse, – ainda que fosse ir a pé ao porto do Roçado, para atender ao pobre que precisava medicar o filhinho doente. Nasceu a 12 de fevereiro de 1849, em Cacimba do Viana, do município do Açu. Foram seus pais Manuel José de Souza e D. Cosma Maria de Souza.

Transportando-se, em 1859, para Macáu, ano em que faleceu seu pai, aí passou a residir, casando-se, pela primeira vez, em 1869 com D. Veneranda Bezerra da Rocha. Ficou viúvo em 1879 e casou-se segunda vez, no mesmo ano, com D. Ana Bezerra da Rocha. Grande, numerosa mesmo, foi a prole dos dois casamentos: 31 filhos, sendo 10 do primeiro e 21 do segundo.

Suas atividades em Macáu foram na indústria do sal e no comércio, dedicando-se também à criação. Foi politico, e por merecimento e confiança ocupou vários cargos públicos, desempenhando-os sempre com habilidade e máxima honestidade.

Faleceu em 8 de Novembro de 1942, deixando vários filhos, dentre os quais cito com prazer o farmacêutico Alfredo Teixeira de Souza, residente na terra do Sal”  por  F.F. Araújo in BO p. 68

In Macauísmos – Lugares e Falares Macauenses – Benito Barros – 2001 – 2ª edição – p.120/121