77 anos do governo da ANL em Natal – nossa homenagem aos que lutaram por um Brasil melhor

Em 23 de novembro de 1935 a Aliança Nacional Libertadora [ANL] movimento de cunho nacionalista, anti-imperialista e antifascista formado por operários, camponeses e a classe média,  cujo presidente de honra era Luiz Carlos Prestes, recém ingresso no Partido Comunista do Brasil [PCB]  iniciou um movimento de caráter nacional para a tomada do poder. Em Natal, Rio Grande do Norte o movimento foi vitorioso, com a tomada do poder e a instalação do governo popular que durou apenas quatro dias. Vários foram os motivos do fracasso do movimento, mas não podemos negar a coragem e a honradez dos homens e mulheres que participaram do ato patriótico. Em Natal, o governo popular lançou o jornal A Liberdade, cuja manchete principal era a luta contra o fascismo. O programa básico da ANL propunha a suspensão do pagamento da  dívida externa; a nacionalização de empresas; a reforma agrária e proteção aos pequenos e médios proprietários; a  liberdade e igualdade de direitos para todos e a constituição de um governo popular.

De Claudio Guerra para o baú de Macau