Comunistas em Areia Branca, por José Nicodemos em Rastros nas Areias Brancas

0

O sapateiro intelectual

Rastros nas Areias Brancas Jose NicodemosSeu Chaves era Antonio Chaves. O sapateiro de fora que estabelecera sua pequena sapataria em Areia Branca, ali pelos começos de 60. Se não estou enganado, era cearense. Sim, agora me lembro, isto mesmo — cearense de Sobral. Alto, magro, calvície respeitável, cara fechada, era comunista leitor de Marx e Engels. Não se demorou um ano na cidade.

Meses. Mudou-se para Campina Grande, a chamado de uma grande sapataria de lá. Era um profissional de nome feito no ramo, percebia-se implicitamente, no seu currículo profissional. Possuía uma pequena biblioteca especializada, digo socialista. Marx e Engels, completos. Oua quase. Deu-me de presente alguns livros sobre materialismo histórico, editados pela Progresso, capa dura.  […] p. 123  Rastros nas Areias Brancas,  de José Nicodemos, Sarau de Letras, 2012.

Doutor Vulpiano, médico cidadão ia nas décadas de 1940, 1950 à região salineira [Macau e Areia Branca] curar males do corpo e levar as idéias do comunismo para um mundo com justiça social.

Leia mais sobre Doutor Vulpiano acessando:http://www.obaudemacau.com/?s=Dr.+Vulpiano

 

 

 

Deixe uma resposta