Um canto para Macau do poeta José Saddock

0

O poeta José Saddock nos envia este belíssimo canto para Macau.

Sal da terra
coração é bússola
que bate marés e sente rios
braços, moinhos
abraçando vento do mar
lembranças, veleiros
cruzando olhos molhados
não fosse poesia
eu diria: – queria
fosse canção de amor

ó ilha querida
pássaro pensamento
pousai novamente criança
correndo desertos, pulando poças
construindo pirâmides

JOSÉ SADDOCK DE ALBUQUERQUE, CATESADDOCK@BOL.COM.BR
www.saddockpoeta.bolgspot.com

Deixe uma resposta