Embora seja outono, de Gilda Avelino

0

gilda avelinogilda 2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Macauenses: Vicente Serejo comenta Gilda Avelino

Somos todos sesmeiros da Rua da Frente, irmãos do mesmo rio e do mesmo mar. Talvez por isso Gilda tenha feio o convite para prefaciar seu novo livro de poemas – Embora seja outono. Um prefácio que é apenas a evocação daquele mar antigo que o poeta Edinor Avelino viu luzir nos raios do velante farol de Alagamar, e das atlânticas viagens de outro poeta e seu filho, Gilberto Avelino.   …  Vicente Serejo

Leia mais em:

http://issuu.com/jornaldehoje/docs/24072013/13?e=4883617/4167536

Deixe uma resposta