Os sem bandeiras e a liberdade

0

natal_consumoO grande argumento usado pela burguesia em defesa do capitalismo é a liberdade. Eu também considero a liberdade como uma das coisas mais importantes da vida e sempre pautei a minha  na luta pela liberdade, mas penso que ela só pode existir sem a  divisão da sociedade em classes. O movimento espontâneo que vimos nas ruas do mundo e que pode voltar a qualquer momento em qualquer lugar é pela liberdade. A grande massa insatisfeita que foi para as ruas sem bandeiras avança cada vez mais para a compreensão daquilo que lhes aflige. No capitalismo o ápice da liberdade é o consumo. Mas os produtos não estão acessíveis para todos. Há roupas de ponta, calçados de ponta, tablets de ponta, veículos de ponta, apartamentos de ponta e até viagens de ponta, todos ao alcance dos nossos sentidos e distante, bem distante do nosso bolso. E então a liberdade estanca.  Esta exclusão causa a insatisfação em vias de configuração.

De Claudio Guerra para o baú de Macau

Deixe uma resposta