O Monsenhor que foi padre e prefeito em Macau

0

 

Igreja de Macau, década 1980, arquivo: Chaguinha Souza

Igreja de Macau, década 1980, arquivo: Chaguinha Souza

O Monsenhor que foi padre e prefeito em Macau

 

Monsenhor Paulo Herôncio de Melo [ 1901/1963] nasceu em Natal-RN. Diácono em 1923, padre em 1924. Foi vice-diretor do Colégio Santo Antonio, vigário coadjutor na Catedral de Santa Luzia em Mossoro [1924] e vigário também em Mossoró em 1925/1926. Foi padre em Macau e prefeito nomeado em 1930 a 1933. Foi diretor do jornal católico A Ordem. O poeta macauense Edinor Avelino prestou homenagem através da poesia.

 

Mons. Paulo Herôncio de Melo

 

Na sua atividade altruística e fecunda,

servindo à humanidade, afastando-a do mal,

através do sertão, evangeliza e funda

obras de educação e assistência social.

 

No labor, quanto mais o suor seu rosto inunda,

mais deseja fazer em proveito feral.

O povo lhe dedica uma afeição profunda,

da cidade florente ao modesto arraial.

 

Orador de renome, incansável levita.

O amparo ao pobre, o bem que faz à gente aflita,

as bênçãos do senhor lhe recompensarão.

 

O progresso mental e religioso anima,

e para fascinar e impor-se à nossa estima,

tem um pelo talento e um grande coração.

 

Edinor Avelino [1898-1977], Sínteses [1968]

Deixe uma resposta