A via: uma poesia de Nair Damasceno

0

A via

 

 cage xakespir 2007Havia

 A via

 Na via.

 

 Ia?

 Vinha?

 Nascia?

 Aparecia?

 Comovia?

 Partia?

 Morria?

 

 Ah, não ia,

 Não via,

 Era, sentia,

 Era via

 E se perdia.

 

 Escurecia,

 Chovia.

 

 Avia

 Na via

 Sumia.

                                     Nair Damasceno [ndapaiva@yahoo.com.br]para o baú de Macau

Deixe uma resposta