Capitalismo mercado imobiliário e desemprego

0

 

Centro de Natal, 2011

Centro de Natal, 2011

Leio agora que já há algum tempo o mercado imobiliário está em crise. Não é crise de falta de imóveis, é crise de excesso de imóveis para venda, afinal no capitalismo as crises nunca são por falta de mercadorias, são por excesso. É a lei da oferta e procura que faz parte do sistema, enfim é o mercado.

No Rio Grande do Norte não é diferente e o quadro é preocupante para os envolvidos no setor e os que mais sofrem com a crise são os trabalhadores que perdem seus empregos, pois os patrões – eu falo dos grandes empresários – pouco sentem a crise.

O que não é salutar nesse problema todo é ver empresários utilizando o argumento do desemprego na busca de apoio governamental. Este não lhes cabe e qualquer argumentação  nesse sentido  soa falso, muito falso.  

De Claudio Guerra para o baú de Macau