Enciclopedia dos Municípios Brasileiros – volume XVII

0

Enciclopedia dos municipios brasileiros 1960 Jurandyr Pires Ferreira XVII vol RJ IBGEObra: Enciclopédia dos Municípios Brasileiros – volume XVII – 1960, Rio de Janeiro, Edição do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – Presidente do IBGE Jurandyr Pires Pereira

 

Macau em fotos na década de 1950

 

Dados de Macau: Município – Lei número 158 de 2 de outubro de 1847; Lei  número 761 de 9 de outubro [sic??] de 1875

Dados de 1958:  não possui distritos

Localização: Zona Fisiográfica Centro-Norte – Dita de Natal 174 km em linha reta

Coordenadas geográficas –  5º 06’ 56” latitude sul e 36º 38’ 08” longitude W;

Altitude – 5 metros

Clima – salubre temperatura média 35,  mínima 16,   média compensada 30

Chuvas no ano – 390.3 milímetros

Área: 1185 km2

População: Censo de 1950 – 15.259 sendo 7493 homens e 7766 mulheresMacau 2

Estimativa 1960,  18.000

Departamento Estadual de Estatística – 1957: 26.343 habitantes

Aglomerações urbanas – Existe , atualmente, apenas uma aglomeração urbana, a da sede[???] com 7.661 habitantes.

Atividades econômicas: Censo de 1950 – 44% das pessoas economicamente ativas no ramo agropecuário e 25% no ramo de industrias extrativas

Base econômica do município: extração de sal. Macau é o maior produtor do Estado. Em 1955 concorreu com 43% do total produzido no RN, um total de 151.080 toneladas no valor total de CR$23 milhões de cruzeiros.

Produção agrícola é relativamente pequena – algodão e feijão – 1995, 82 % da produção agrícola. Algodão tem posição de destaque na balança do comércio

Produtos Unidade Quantidade Valor Cr$1000
Algodão Tonelada 248 2.475
Feijão Saco de 60kg 7280 2.475
Coco da baía Cento 5400 1080
Milho Saco de 60 kg 200 24
Melancia fruto 10000 240
Melão fruto 5000 15

 

A pecuária não tem expressão na economia local. Em 1956 era assim a discriminação do rebanho

População pecuária Quantidade  de cabeças Valor CR$1000
Bovinos 1.900 7600
Equinos 260 780
Asininos 170 85
Muares 100 250
Suínos 5000 2500
Ovinos 12200 3660
Caprinos 20100 6030

 

Macau 3Produção de pescado –  A pesca é praticada intensamente como atividade econômica, sendo o município um dos principais produtores  de pescado do Estado. As principais espécies de peixes são: cavala, xaréu, agulha, voador, cação , sioba [sic] e dentão. Em 1955 foram pescados 221.319 kg.  No valor de CR$2.808 milhares de cruzeiros.

Indústria – O principal ramo da indústria é o que se refere à extração e beneficiamento do sal. Em relação aos outros ramos, o Registro Industrial de 1955 informa que o município tinha 28 estabelecimentos, nos quais trabalhavam 528 pessoas e cujo valor da produção foi de 2.638 milhares de cruzeiros.

Meios de Transporte – Macau dispõe de vias marítimas, terrestres e fluviais. Acha-se instalado ali o principal porto de exportação de sal do Nordeste. O município liga-se às cidades vizinhas e à Capital do Estado pelos seguintes meios de transporte: 1) Açu – rodovia (79 quilômetros); 2) Afonso Bezerra – rodovia (67 quilômetros);3) João Câmara – rodovia (110 quilômetros); 4) Pedro Avelino – rodovia (60 quilômetros); Pendências – rodovia (30 quilômetros). A viagem de Macau a Natal, além da via marítima, num percurso de 122 milhas, pode ser feita de dois modos: a) rodovia (202 quilômetros); b) Misto – rodovia, até Pedro Avelino (60 quilômetros) – ferrovia (176 quilômetros). O município possui um campo de pouso no local denominado Tambaú, com duas pistas de 900 metros por 30 metros.

Comércio – O município  mantém transação comercial com as praças de Pendências, Açu, Mossoró e Natal. Conta com 12 estabelecimentos de comércio atacadista e 180 de comércio varejista.

Macau 9Aspectos urbanos – A cidade possui 41 ruas, 21 becos, duas avenidas e 4 praças. Desses logradouros públicos, estão calçados com paralelepípedos: 3 ruas, 4 becos e duas praças. Calçadas parcialmente existem 5 ruas e 5 becos. Conta a cidade com 551 ligações elétricas, 1 hotel, duas pensões e 1 cinema.

Assistência médico-sanitária – É prestada assistência médico-sanitária à população por um Posto de Higiene e uma maternidade. No exercício da profissão encontram-se 3 médicos, 4 dentistas e 2 farmacêuticos; há 3 farmácias em funcionamento.

Alfabetização – Com base no Recenseamento de 1950, pode-se afirmar que 35% das pessoas presentes de 10 anos e mais sabem ler e escrever.

Ensino – Ministravam ensino primário fundamental comum 35 escolas.

Finanças públicas – No período 1951-1955, as finanças do município atingiram as seguintes cifras:

 Anos Receita arrecadada (Cr$1.000)   Despesa

realizada

no

município(Cr$1.000)

 Federal  Estadual Municipal
Total Tributária
1951

1952

1953

1954

1955

  7.371

  7.476 

7.342 

7.054 

7.678

     8.496 

  10.039 

    8.855  

   9.432 

  12.366

3.016

3.314

3.466

3.028

3.378

      2.458

      2.648

      2.438

      2.044

      2.404

        2.783

        3.850

        3.527

        3.141

        3.474

 

Aspectos culturais – Existe na cidade de Macau a Biblioteca Pública Rui Barbosa, com 1.290 volumes.

Manifestações culturais – Celebram-se anualmente duas festas religiosas – a de Nossa Senhora da Conceição, padroeira do município, realizada de 28 de novembro e 8 de dezembro, e a de Nossa Senhora dos Navegantes, que tem início no dia 11 de agosto e termina no dia 15 do mesmo mês.

 

Páginas 89 a 92 da Enciclopédia dos Municípios Brasileiros publicação do IBGE Rio de Janeiro 1960. Volume XVII – Paraíba e Rio Grande do Norte. Edição costurada medindo 237 por 26,5 centímetros, capa dura

Afonso Bezerra