Queixas da classe média e  democracia participativa

0

manipularAconteceu num condomínio de classe média, destes de muros altos com mansões dentro.  Uma moradora ficou injuriada depois de ouvir o jardineiro e o funcionário da portaria conversando sobre Orlando nos Estados Unidos: os passeios, o hotel, as fotos, ou seja, tudo o que conversamos após uma viagem.  A mulher comentou o fato com sua amiga, prometendo nunca mais ir aos Estados Unidos, pois  agora com o Lula e a Dilma  “qualquer um vai”.

É assim, o governo do Partido dos Trabalhadores ao incluir 60 milhões de pessoas no mercado, provocou um descontentamento numa certa classe média – esta que é manipulada  pela burguesia que as aceita em suas mesas como expectadora e difusora das suas pabulagens.

O Partido dos Trabalhadores  deu um nó no capitalismo neoliberal ao criar tantos novos consumidores,  proporcionando  à burguesia um lucro como nunca haviam tido antes, mas diferente do que prega o neoliberalismo de lucrar muito com poucos, agora é lucrar muito com muitos.

A consolidação da inclusão para além do mercado de consumo, do aumento real do salário mínimo e do aumento do emprego formal  aponta agora para a democracia participativa que a depender do atual congresso dificilmente avançará. Mas, há mecanismos de participação  social e estes deverão ser acionados.

De Claudio Guerra para o baú de Macau