Pedro Juan Caballero, uma dama e uma balada

BALADA DA DAMA DE PEDRO JUAN CABALLERO

Horácio Paiva [*]

Imagem Google 10 9 2011, Lago Ypacarai, Paraguai, Sanber1.jpg, Trekearth.com

Era do Paraguai

de Pedro Juan Caballero

e a conheci em Brasília

numa noite sem luar

 

 

 

“Cabelos nos ombros caídos”

viera de Pedro Juan Caballero

e saíra da guarânia

ou do lago azul de Ipacaraí

 

Chegou anônima e bela

os cabelos nos ombros caindo

o clamor dos olhos negros

e nos encontramos num bar

ou numa canção de amor

 

Levou o vento as estrelas

para longe daquela noite

 

Levou o vento as estrelas

e já não sei se viera

de Pedro Juan Caballero

 

Já não me lembro mais

do clamor dos olhos negros

e se estivemos num bar

inventado pela noite

ou se havia luar

 

Mas ao recordar me vejo

em Pedro Juan Caballero

e tudo seria diferente

e tudo poderia ter sido

se eu houvesse nascido

ou mesmo morrido ali

 

onde também jaz a lembrança

de Pedro Juan Caballero

 

[*] Horácio Paiva é macauense, escritor e poeta. Leia mais sobre o autor em Literatura e Artes